INFECTADO

Fui infectado.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Tentei me lembrar onde poderia ter ocorrido. Tenho andado por ruas estranhas esses últimos tempos, becos escuros e vielas estreitas. Talvez eu tenha pisado em algum bueiro contaminado. Me lembro de ter visto um rato perambulando pela Galeria...
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Minha perna começou a formigar. Tive que me afastar das ruas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Talvez tenha sido os vultos.
Percebi sombras me seguindo. Senti toques no meu ombro e silhuetas no canto dos olhos.
Também havia algo de suspeito em alguns dos sujeitos que esbarrei.
Generosos com palavras, mas contidos.
Até sorriam com frequência. Os caninos longos não me passaram despercebidos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Quando me dei conta, já estava fora dos limites da cidade, com todo o corpo contaminado.
Precisei me arrastar.
Cai de joelhos na terra molhada e me apoiei sob as mãos.
Fraco demais para levantar, me entreguei.
O solo me enterrou.
Pensei que estava morto, mas então flores nasceram de mim.

Criado por Jonas Maria  © 2021